Home Quem somos Legislação Estatuto Mensagem do Presidente Contato

São Paulo, 18 Dezembro 2018 - 17:25 PATRONATO ENAS BRASIL    Roma, 18 Dicembre 2018 - 20:25
Aposentadoria/Pensioni
- INPS
- INSS
- Acordo Internacional
Cidadania Italiana
- Orientação
- Traduções
- Trentini/Sammarinesi
Destaques
Notícias
Links Úteis
Informações
- Brasil
- Itália
GASTO DE BRASILEIRO NO EXTERIOR BATE RECORDE HISTÓRICO EM 2011, DIZ BC
 
 
 
 

Os gastos de brasileiros no exterior somaram US$ 21,2 bilhões em todo ano passado, informou nesta terça-feira (24) o Banco Central. Com isso, as despesas de brasileiros lá fora cresceram 29,2% frente ao ano de 2010 (US$ 16,42 bilhões) e bateram novo recorde da série histórica da instituição, que começa em 1947. O recorde anterior havia sido registrado justamente em 2010.

As despesas de brasileiros no exterior, no ano passado, foram favorecidas pelo crescimento da renda e pelo dólar baixo, que vigorou no começo de 2011 até meados do ano passado. A moeda norte-americana foi cotada abaixo de R$ 1,60 durante boa parte de 2011.

Com o dólar baixo, as despesas no exterior, como passagens e hotéis, além de gastos no cartão de crédito, também ficam mais baratas. No fim de 2011, entretanto, a cotação do dólar subiu para acima de R$ 1,70 por conta das turbulências externas.

"As despesas foram destaque até agosto, quando vinham crescendo na base de 65% ao ano. Contribuiu para isso o crescimento da renda do brasileiro e, até a metade do ano, o comportamento do câmbio [dólar baixo]. A partir de agosto e setembro [de 2011], com a alteração da taxa de câmbio, isso teve uma mudança", disse Tulio Maciel, chefe do Departamento Econômico do BC.

Impacto da crise
Com a nova etapa da crise financeira, inaugurada em agosto de 2011, que impulsionou para cima a cotação do dólar, os gastos de brasileiros no exterior registraram um desempenho mais modesto nos últimos meses do ano passado.

Em dezembro, por exemplo, somaram US$ 1,76 bilhão, contra US$ 1,56 bilhão em novembro, US$ 1,72 bilhão em outubro e US$ 1,77 bilhão em setembro. Antes da piora das turbulências externas, em julho (US$ 2,19 bilhões) e agosto (US$ 1,9 bilhão), as despesas de brasileiros no exterior estavam maiores.

Gastos de estrangeiros no Brasil
Segundo números do Banco Central, os gastos de turistas estrangeiros no Brasil somaram US$ 6,77 bilhões em todo ano passado, valor que também é recorde histórico. Os números mostram que houve um crescimento de 14,4% contra o ano de 2010, quando as despesas de estrangeiros no país somaram US$ 5,91 bilhões.

“As contratações de serviços turísticos, de hospedagem e de alimentação movimentam nossa economia, geram renda em todas as regiões do país e ajudam a consolidar nossa infraestrutura turística”, avaliou o presidente da Embratur, Flávio Dino. As estimativas da Embratur indicam que mais de 5,4 milhões de estrangeiros visitaram o país em 2011- o que é um recorde para o país.

“Vamos continuar inovando nas ações de promoção dos destinos brasileiros, intensificando o apoio à comercialização de produtos turísticos e apoiando fortemente o debate sobre a competitividade do setor, conduzido pelo Ministério do Turismo”, afirmou Dino, da Embratur, por meio de  nota à imprensa.

 

Fonte:
G1