Home Quem somos Legislação Estatuto Mensagem do Presidente Contato

São Paulo, 14 Dezembro 2018 - 12:59 PATRONATO ENAS BRASIL    Roma, 14 Dicembre 2018 - 15:59
Aposentadoria/Pensioni
- INPS
- INSS
- Acordo Internacional
Cidadania Italiana
- Orientação
- Traduções
- Trentini/Sammarinesi
Destaques
Notícias
Links Úteis
Informações
- Brasil
- Itália
GOVERNO FEDERAL AUMENTA IMPOSTOS DE CERVEJA, ÁGUA, ISOTÔNICOS E REFRIGERANTES
 
 
 
 

Brasília: Apesar da pressão contrária dos industriais, o governo bateu o pé e anunciou nessa segunda-feira (31/03) o aumento de impostos de cerveja, água, isotônicos e refrigerantes. A estimativa é de que os tributos (IPI, PIS e Cofins) tenham subindo 1,5%, o que ampliará a arrecadação do Tesouro Nacional em R$ 200 milhões até o fim do ano.

Pelas contas dos especialistas, o impacto na inflação será de aproximadamente 0,1 ponto percentual.

A meta do Ministério da Fazenda era ter elevado os impostos em outubro do ano passado.

Mas, diante do risco de a inflação estourar o teto da meta, de 6,5%, optou-se por adiar o aumento para 1º de abril deste ano. O problema é que, também agora, a inflação está em disparada.

Porém o governo não teve como adiar o ajuste, porque precisa de dinheiro para subsidiar a conta de luz. Não há quem convença a presidente Dilma Rousseff a abrir mão da redução do custo da energia, que ela quer apresentar como uma de suas principais bandeiras na campanha à reeleição.

 

Fonte:

rondonoticias