Home Quem somos Legislação Estatuto Mensagem do Presidente Contato

São Paulo, 17 Dezembro 2018 - 07:58 PATRONATO ENAS BRASIL    Roma, 17 Dicembre 2018 - 10:58
Aposentadoria/Pensioni
- INPS
- INSS
- Acordo Internacional
Cidadania Italiana
- Orientação
- Traduções
- Trentini/Sammarinesi
Destaques
Notícias
Links Úteis
Informações
- Brasil
- Itália
DILMA ROUSSEFF É VAIADA DURANTE INAUGURAÇÃO DA FEICON BATIMAT EM SÃO PAULO
 
 
 
 

São Paulo - A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, foi vaiada por funcionários e expositores na abertura do Salão Internacional da Construção (Feicon Batimat), em São Paulo.

As vaias, que se prolongaram por cerca de cinco minutos, partiram de empregados e expositores quando a presidente visitava os estandes, antes da abertura ao público. Dilma Rousseff, visivelmente incomodada, conforme inagens transmitidas pelas televisões, interrompeu a visita.

Em seguida dirigiu-se ao anfiteatro de centro de exposições, onde fez o discurso de inauguração.

Na ocasião, disse que "o Brasil passa por um momento difícil, mais difícil do que tivemos em anos recentes, mas nem de longe estamos vivendo uma crise das dimensões que alguns dizem que estamos vivendo".

"A conjuntura atual é muito mais difícil que nos últimos anos, mas ela não pode ofuscar os avanços nem tampouco obscurecer que hoje temos as bases, o aprendizado para ir muito mais além do que já fomos, para dar saltos de produção e de competitividade ainda maiores", afirmou, citada pelo G1.

"Estamos fazendo ajustes, mas não abdicamos nem abdicaremos em estabelecer as condições para que, o mais rápido possível, tenhamos uma economia competitiva e mais dinâmica. Por isso, não deixem que as incertezas conjunturais determinem sua visão de futuro do Brasil", apelou a presidente aos empresários que se encontravam no auditório do Anhembi.

 

Fonte:
Portugal Digital