Home Quem somos Legislação Estatuto Mensagem do Presidente Contato

São Paulo, 17 Dezembro 2018 - 07:55 PATRONATO ENAS BRASIL    Roma, 17 Dicembre 2018 - 10:55
Aposentadoria/Pensioni
- INPS
- INSS
- Acordo Internacional
Cidadania Italiana
- Orientação
- Traduções
- Trentini/Sammarinesi
Destaques
Notícias
Links Úteis
Informações
- Brasil
- Itália
AUTORIZAÇÃO DE TRABALHO A ESTRANGEIROS CRESCE 24% NO SEMESTRE
 
 
 
 

O Ministério do Trabalho e Emprego concedeu, de janeiro a junho deste ano, 32.913 permissões a profissionais temporários e permanentes estrangeiros para trabalhar no Brasil. Os dados da Coordenação Geral de Imigração (CGig) foram divulgados nesta terça-feira (21). Das autorizações concedidas nos 6 primeiros meses do ano, 29.065 são temporárias e 3.848 permanentes. No mesmo período de 2011, foram 26.454 autorizações. O aumento, portanto, é de 24%. O índice é menor se for levado em conta o balanço do 1º trimestre deste ano em comparação com o de 2011, que foi de 31%.

O trabalho a bordo de embarcação ou plataforma estrangeira absorveu a maioria dos estrangeiros: 8.257 profissionais foram autorizados a trabalhar temporariamente no país. Outras 6.713 concessões estão ligadas à assistência técnica por prazo de até 90 dias (sem vínculo empregatício); 5.696 a artistas ou desportistas; 3.471 para assistência técnica, cooperação técnica e transferência de tecnologia (sem vinculo empregatício); 2.597 para especialistas com vínculo empregatício; e as 1.724 restantes para marítimos estrangeiros empregados a bordo de embarcações de turismo estrangeiras que operem em águas brasileiras.

O coordenador-geral de Imigração, Paulo Sérgio de Almeida, explica que, das autorizações permanentes, 2.154 foram permissões de residência em caráter humanitário concedidas pelo Conselho Nacional de Imigração (CNIg) a haitianos. No total, o CNIg autorizou a entrada de 2.608 estrangeiros nos 6 primeiros meses do ano.

 

Fonte:
Brasilia em tempo real