Home Quem somos Legislação Estatuto Mensagem do Presidente Contato

São Paulo, 11 Dezembro 2018 - 02:51 PATRONATO ENAS BRASIL    Roma, 11 Dicembre 2018 - 05:51
Aposentadoria/Pensioni
- INPS
- INSS
- Acordo Internacional
Cidadania Italiana
- Orientação
- Traduções
- Trentini/Sammarinesi
Destaques
Notícias
Links Úteis
Informações
- Brasil
- Itália
CLIMA PROVOCOU TRÊS VEZES MAIS DESLOCADOS QUE A VIOLÊNCIA EM 2013
 
 
 
 

Os desastres naturais provocaram em 2013 um deslocamento de pessoas três vezes maior que o número registrado pela violência, um dado que reforça a urgência de combater as mudanças climáticas, afirma um estudo divulgado nesta quarta-feira.

Quase 22 milhões de pessoas foram deslocadas em consequência de desastres naturais, segundo o Conselho Norueguês para os Refugiados (NCR, na sigla em inglês), uma organização independente especializada em ajudar as vítimas.

O relatório do NCR foi publicado a menos de uma semana de uma reunião de cúpula, na próxima terça-feira, sobre as mudanças climáticas na sede da ONU em Nova York.

O problema se tornou mais grave, pois segundo os cálculos atualmente existem duas vezes mais deslocados no mundo por desastres naturais do que na década de 70, destaca o estudo, que explica o aumento com o avanço da urbanização nos países mais vulneráveis.

O NRC, dirigido por Jan Egeland, ex-secretário-geral-adjunto para Assuntos Humanitários das Nações Unidas, solicita que o tema dos deslocados seja transformado em uma prioridade na agenda das negociações para obter um acordo que diminua os efeitos do aquecimento global.

Os governos devem garantir que os projetos de ajuda e os doadores permaneçam atentos ao crescente risco de deslocamentos em massa. Também devem facilitar as migrações e prever a possibilidade de transferências, com respeito às populações mais vulneráveis, aponta o documento.

O documento destaca os resultados dos estudos do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, que consideram as ações do homem responsáveis pelo número crescente de desastres naturais.

Mais de 80% dos deslocados por catástrofes naturais em 2013 estavam na Ásia.

Nas Filipinas, por exemplo, somente a passagem dos tufões Haiyan e Trami deixaram 5,8 milhões de deslocados.

 

Fonte:
Istoe` Dinheiro